Seja Bem- Vindo!!

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Itabuna 100 Anos


A UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz – lançou, dia 30, o Projeto Fragmentos de Memória em Cem Anos de História, comemorativo ao Centenário de Itabuna, durante solenidade realizada na quadra do Colégio Ação Fraterna de Itabuna (AFI), a partir das 19 horas, com a participação de alunos, pais, professores e autoridades. O evento contou com as presenças do prefeito do município, Nilton azevedo, da vice-reitora da UESC, professora Adélia Maria de Melo Pinheiro, da diretora geral da AFI, Irmã Margarida Menezes, do vice-prefeito Antonio Vieira, o secretário de Educação do município, professor Gustavo Lisboa, a presidente da Comissão Institucional da UESC designada para o Centenário de Itabuna, professora Janete Ruiz de Macedo, além do representante da Superintendência Regional da Ceplac, José Marques Moreira, do gestor administrativo da AFI, professor Marciel Guimarães, da representante da Federação Bandeirantes do Brasil, Onilda Alves, e da diretora da Escola Pio XII e representante das escolas particulares, Eliabe Isabel.  
    Os projetos idealizados para comemorar o centenário de Itabuna serão coordenados pela Comissão criada por designação do reitor Antonio Joaquim Bastos da Silva e presidida pela professora doutora Janete Ruiz de Macedo, diretora do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH), que vai abranger diversas ações, entre elas, o Projeto “Itabuna: Olhares de um Século”, a reedição do livro Jequitibá de Tabocas, publicado em 1960, as exposições "Cem Anos de Folia" e "O Cinquentenário no Centenário"; aulas itinerantes para todas as escolas que solicitarem à Universidade; seminários sobre a historiografia de Itabuna; edição de com vídeo-documentários produzidos pelos curso de Comunicação Social; projetos "A Praça na Praça e o Leitura vai à Praça"; o Calendário do Centenário; MiniCiclos de Estudos Itabunenses; a Cidade em Cartaz e concurso de produção de artigos científicos, e Contos e Vídeos (Ensino Médio) a serem coordenados pelo professor mestre Charles Nascimento de Sá.

     “Itabuna: Olhares de um Século” vai promover pesquisas com os alunos destinadas à preservação, registro e ampliação da História da cidade, através dos “olhares” (dos sentimentos e afetividades). Pretende-se que os alunos fotografem o patrimônio cultural da Cidade, inserindo-se naqueles registros que comporão a história dos próximos anos do Município, com o objetivo de confeccionar um livro-postal com imagens e textos realizados pelos discentes. O Projeto se divide em quatro eixos temáticos Cultura, Sociedade, Economia e Cotidiano, havendo ainda espaço para contribuições da comunidade e, especialmente, dos colégios públicos e particulares.

     De maneira geral, o Projeto “Itabuna: Olhares de um Século” se incorporou a outros que serão coordenados pela UESC ao longo deste ano. A preocupação maior das ações empreendidas para o Centenário é possibilitar um grande fluxo de informações referentes à emancipação de Itabuna, de maneira pedagógica e multidisciplinar, integrando toda a comunidade nos eventos comemorativos pela data, evidenciando a educação cidadã. A UESC propõe também a criação de um banco de dados permanente (Blog do Centenário), que concentre todas as ações comemorativas do evento.

0 comentários:

Postar um comentário