Seja Bem- Vindo!!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Site votopelavida.com denuncia PT e promoção do aborto

Votopelavida.com é uma iniciativa internacional que visa monitorar as eleições em toda a América Latina, denunciando os candidatos e os partidos que ocultam seu envolvimento com a promoção da Cultura da Morte e apontando os candidatos que têm se empenhado efetivamente em defender o reconhecimento do direito à vida em todas as suas etapas. Os responsáveis pelo site assinalam que existem grandes interesses internacionais que promovem a Cultura da Morte na América Latina. No Brasil, o Partido dos Trabalhadores (PT) é, no momento, o principal aliado destes interesses. Jamais alguma instituição colaborou tanto para a implantação do aborto no Brasil como o tem feito o PT em seus últimos oito anos de governo.
“A grande maioria do povo brasileiro é radicalmente contra o aborto e sua legalização, entendendo que esta prática é um homicídio e um atentado contra o direito fundamental à vida”, destacam os líderes da iniciativa pró-vida. No entanto eles recordaram que o PT “assumiu, como programa oficial de governo, tornando-o obrigatório para todos os seus membros, a total descriminalização do aborto no país, ao mesmo tempo em que, com espantoso cinismo, não obstante toda a ampla documentação em contrário, nega publicamente este fato aos seus eleitores”.
“O atual governo reconheceu diante da ONU o aborto como um direito humano; forçou a aprovação de um projeto de lei no Congresso que legalizaria o aborto durante todos os nove meses da gravidez, ao mesmo tempo em que prometia que jamais o faria; ampliou a rede de serviços de abortos ditos "legais" para promover, sem sucesso, a ampliação da aprovação da opinião pública à prática do aborto; apoiou a difusão de cursos de treinamento em práticas de aborto para a classe médica em todo o território nacional; boicotou o tanto quanto pôde a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito que investigaria quais seriam os interesses internacionais que promovem estas práticas no Brasil”, denuncia também votopelavida.com.
Depois de recordar que o partido do governo puniu os deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso, acusando-os de violações graves contra a Ética Partidária, por terem militado contra a descriminalização do aborto, chama atenção do eleitor para uma mais ativas candidatas do partido ao Senado pelo Estado de São Paulo, a ex-prefeita Marta Suplicy, que foi colaboradora das principais instituições internacionais que têm como objetivo facilitar a introdução da Cultura da Morte no Brasil.
Votopelavida lembra também que “os bispos católicos do Regional Sul 1 da CNBB, que representa as 47 dioceses do Estado de São Paulo, publicaram um documento intitulado Apelo a todos os Brasileiros e Brasileiras, que está sendo distribuído em todo o Brasil, por meio de incontáveis voluntários, e está sendo crescentemente reproduzido e divulgado por muitos milhares de sites na rede mundial de computadores”. Além disso, “Pastores evangélicos, denunciando estes mesmos fatos, estão divulgando, através da Internet, vídeos que atingiram, em pouquíssimos dias, audiências de milhões de acessos”, recordaram também os pró-vidas responsáveis pelo site.
“Neste domingo, dia 3 de outubro, o Brasil terá uma oportunidade para defender a vida em todas as suas etapas ou optar pela institucionalização da Cultura da Morte em sua nação. Para que isto ocorra de modo consciente, entretanto, é necessário que antes denunciemos o imenso teatro, montado pelos meios de comunicação, que foi estabelecido para ocultar estes fatos do povo brasileiro”, destacaram os organizadores do Voto pela Vida.
Para mais documentos e informação útil para votar bem nestas eleições, visite o site: http://www.votopelavida.com
Fonte: ACI

0 comentários:

Postar um comentário