Seja Bem- Vindo!!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Juíza evangélica celebrará um dos primeiros casamentos gays da Argentina


Um dos primeiros casamentos entre pessoas do mesmo sexo na Argentina será celebrado pela juíza de paz Marta Corvella, que há alguns dias gerou polêmica por assegurar que não oficializaria matrimônios gays porque Deus não aprova.
O casamento gay na Argentina foi sancionado na noite desta quarta-feira pela presidente Cristina Kirchner, que tornou o país o primeiro na América Latina a oficializar a união entre pessoas do mesmo sexo.
Nesta semana, a diretora-geral do Registro de Pessoas de La Pampa, Irene Giusti, afirmou que a juíza Corvella, evangélica, havia recuado de sua decisão e já atendia casais do mesmo sexo interessados em concretizar a união.
Giusti não explicou, contudo, o que fez a juíza mudar de ideia. Há uma semana, ela causou polêmica ao dizer que se recusaria a celebrar estas cerimônias "por uma questão de princípios cristãos" e porque "na Bíblia, Deus não aprova esta forma de viver".
A cerimônia será celebrada por Corvella em 17 de agosto próximo, entre Alberto Peralta, 61, e Oscar Omar García López, 57, dois comerciantes da cidade que estão juntos há 27 anos.
"Pareceu-nos uma mulher de grande coração, e inclusive rezamos juntos. Ela nos convidou à Igreja Evangélica, porque é muito crente", afirmou García López a uma rádio local.
Ele explicou ainda que o casal pretende formalizar a relação para "celebrar nosso amor e por uma questão de herança".
No último dia 14, o Senado argentino aprovou a lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate que durou 14 horas e dividiu opiniões.
Fonte: ACI

1 comentários:

cleberslopesjr disse...

Será que essa juiza é Cristã mesmo?

São nessas horas devemos lembrar dos ensinamentos de Jesus e das previsões bíblicas.

"Por uma questão de princípios cristãos" e porque "na Bíblia, Deus não aprova esta forma de viver", ela não deveria celebar esse casamento.

Sejamos orantes e firmes na fé.

23 de julho de 2010 04:24

Postar um comentário